artículo publicado en la revista Derivas del Instituto de Investigação em Arte Design e Sociedade (i2ADS), Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto

Editores/ Editors
Catarina S. Martins (i2ADS/FBAUP)
José Carlos de Paiva (i2ADS/FBAUP)

01. Emergir as tensões que habitam a acção e a investigação em Educação Artística - José Carlos de Paiva
07. Antecâmara aos textos que se seguem - Ana Cachucho e Catarina Martins
11. Da dificuldade ou o funâmbulo seguro - André Alves
21. Eu não sou uma pessoa. Sou matilha. Multidão. - Fabiano Torres
33. With Art Education in the Room N. 13 - Marie Fulková
41. Questionando práticas naturalizadas em educação artística a partir de Michel Foucault - Catarina Martins
63. Porquê “investigação”? - Catarina Almeida
73. O que dita o fim de um desenho? - Sofia Barreira
83. O essencial é saber ver: a arte invisível - Denilson Rosa
91. La construcción de un espacio para la producción de conocimiento. - Natalia Calderón
105. Sobre o texto: da leitura à (re)escrita - Magda Silva e Roberto Correia
113. Notas biográficas

http://natalia-calderon.com/files/gimgs/th-45_derivas.jpg